Brinquedo: mensageiro das infâncias

Anunciar infâncias e desvendar brinquedos

A proposta da exposição foi apresentar para os visitantes o acervo de brinquedos e objetos lúdicos artesanais criados no âmbito dos projetos Rede Brincar e Aprender e Centro de Cultura e Educação Lúdica da Rocinha, desenvolvidos pelo CIESPI – Centro Internacional de Estudos e Pesquisas sobre a Infância em parceria com profissionais e articuladores da educação e da cultura de diferentes comunidades do Estado do Rio de Janeiro.

Os brinquedos que compõem o acervo do Centro de Cultura e Educação Lúdica da Rocinha são como guardiões de histórias recolhidas por onde passam. Histórias que caminham juntas formando uma história única que une pessoas, lugares, fazeres e saberes.

Os brinquedos são também como mensageiros de notícias, de modos de viver, do que está latente em diferentes grupos e que emerge através do brincar. Em cada novo lugar por onde circulam, as notícias de outros lugares e pessoas chegam e novas outras se agregam. Brinquedos como conectores e como mensageiros dos diferentes povos, das diferentes infâncias. Brinquedos-Arautos.

O acervo é composto por brinquedos singulares, versáteis em sua forma de uso, em sua maioria sem regras previamente definidas, que possibilitam a expressão livre e criadora – um convite à descoberta e à experimentação; brinquedos únicos confeccionados com materiais simples, criados na convivência entre adultos, jovens e crianças, explorando cor, textura e movimento.

http://www.puc-rio.br/sobrepuc/depto/solar/

http://www.museudohorto.org.br/Memorias_brincantes_do_Horto_participam_de_Exposicao?id=1103

convite

Anúncios